Programa Comunitário de Exercício Físico para Pessoas com Diabetes Tipo 2

História

O Diabetes em Movimento teve início em setembro de 2009, com o desenvolvimento do programa de trabalhos da Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto de Romeu Mendes (atual Coordenador do programa) na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), financiada pela FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (SFRH/BD/47733/2008).

Entre 2011 e 2013 as atividades foram implementadas e testadas na cidade da Covilhã, numa parceria entre a UTAD, a Universidade da Beira Interior, o Município da Covilhã, e o Centro Hospitalar Cova da Beira.

Depois de concluído o projeto científico de validação da eficácia do programa, este foi implementado na cidade de Vila Real, em 2014, numa parceria entre a UTAD, o Agrupamento de Centros de Saúde Douro I – Marão e Douro Norte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, e o Município de Vila Real.

Em outubro de 2016 decorreu o 1º processo de expansão do programa, com o início das atividades na cidade da Maia (parceria entre a UTAD, o ISMAI – Instituto Universitário da Maia e o Agrupamento de Centros de Saúde Grande Porto III – Maia/Valongo da ARSN) e na cidade de Évora (parceria entre a UTAD, a Universidade de Évora e o Agrupamento de Centros de Saúde Alentejo Central da Administração Regional de Saúde do Alentejo [ARSA]).

Em janeiro de 2017 iniciaram-se as atividades na cidade de Rio Maior (parceria entre a UTAD, o IPSantarém – Instituto Politécnico de Santarém [Escola Superior de Desporto de Rio Maior e Escola Superior de Saúde de Santarém] o Agrupamento de Centros de Saúde Lezíria da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo [ARSLVT], o Hospital Distrital de Santarém, e o Município de Rio Maior).

Em outubro de 2017 decorreu o 2º processo de expansão, com início de atividades nas cidades de Viseu (parceria entre a UTAD e o Centro Hospitalar Tondela-Viseu [Unidade de Diabetes]), Torres Vedras (parceria entre a UTAD, o Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Sul da ARSLVT, e o Município de Torres Vedras) e Seixal (parceria entre a UTAD, o Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal da ARSLVT, e a o Município do Seixal).

Em Janeiro de 2018, a Direção-Geral da Saúde assumiu a coordenação do programa, através do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física e do Programa Nacional para a Diabetes.

Em outubro de 2018 decorreu o 3º processo de expansão para os municípios de Almada, Lagos, Lisboa, Paredes, Portel, Portimão, Viana do Castelo, e Vila Real de Santo António.

Está já a ser preparado o 4º processo de expansão do programa para outubro de 2019 para os municípios de Arcos de Valdevez, Braga, Caminha, Lamego, Lousada, Melgaço, Moimenta da Beira, Monção, Nazaré, Odivelas, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Sines, Tavira, Tondela, Torres Vedras, Valença, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Cerveira, e Vila Nova de Gaia.

Anúncios